O alimento orgânico é fruto de um meio de produção mais limpo, onde o uso de fertilizantes artificiais e pesticidas é evitado. Busca-se, com isto, entregar ao consumidor um produto mais saudável. Para tanto, é comum um cultivo voltado para a produção social e que seja economicamente sustentável, com técnicas voltadas para o uso de adubos orgânicos e rotação de culturas.

Este tipo de produção está inserido em uma ideia de agroecologia, ou seja, um cultivo sob perspectivas ecologicamente sustentáveis, onde há um respeito à natureza em todos os processos, desde o cultivo, até o repasse dos alimentos. Com a agroecologia, prioriza-se a preservação do solo e de diversas espécies naturais, desde as plantas, até os microrganismos.